Notícias



Sustentabilidade: gerenciamento de resíduos

Sustentabilidade: gerenciamento de resíduos

Os objetivos prioritários de uma obra devem ser a diminuição de descartes, a redução, a reutilização, a reciclagem e a destinação final do que não foi utilizado

A fim de diminuir os impactos produzidos durante a realização de uma obra, qualquer gestor preocupado com a sustentabilidade na construção civil deve garantir um gerenciamento eficiente de resíduos. É claro que, quando se trata de construção de casas de madeira, o número de resíduos é menor do que de um imóvel tradicional de alvenaria, ainda mais se tratando de um imóvel pré-fabricado. Ainda assim é importante aprender sobre o assunto.

Em uma pequena construção, a utilização de caçambas é um excelente meio de armazenar todos os tipos de materiais sólidos inutilizáveis. Estes devem ser levados para locais de triagem ou seguir para aterros adequados ao fim da obra. No caso de grandes projetos, as construtoras devem investir em programas de gestão ambiental, visando a separação de resíduos desde o início até o término da edificação.

O processo de destinar adequadamente os materiais não mais utilizados na construção de uma casa de madeira, ou até mesmo de alvenaria, é um dos pontos mais relevantes para a sustentabilidade na construção civil, pois permite reaproveitamento de recursos, reduz os custos de coleta e ainda garante que maior quantidade de resíduos seja reutilizada e encaminhada às usinas de reciclagem.

Resíduos da construção civil são os provenientes de construções, reformas, reparos e demolições de obras, e os resultantes da preparação e da escavação de terrenos, tais como: tijolos, blocos cerâmicos, concreto em geral, solos, rochas, metais, resinas, colas, tintas, madeiras e compensados, forros, argamassa, gesso, telhas, pavimento asfáltico, vidros, plásticos, tubulações, fiação elétrica etc., comumente chamados de entulhos de obras, caliça ou metralha.

O gerenciamento de resíduos é o sistema de gestão que visa reduzir, reutilizar ou reciclar resíduos, incluindo planejamento, responsabilidades, práticas, procedimentos e recursos para desenvolver e implementar as ações necessárias ao cumprimento das etapas previstas em programas e planos.

Já o aterro de resíduos da construção civil é a área onde serão empregadas técnicas de disposição de resíduos da obra no solo, visando a preservação de materiais segregados de forma a possibilitar seu uso futuro ou futura utilização da área, utilizando princípios de engenharia para confiná-los ao menor volume possível, sem causar danos à saúde pública e ao meio ambiente.

Os geradores de resíduos – sejam eles pessoas físicas ou jurídicas, como empresas – devem ter como objetivo prioritário a diminuição de descartes em uma obra, a redução, a reutilização, a reciclagem e a destinação final dos resíduos.

Se importar com o gerenciamento de resíduos na obra da sua casa de madeira é uma das ações que, de forma simples, contribui para uma construção sustentável.

Na próxima matéria sobre sustentabilidade[2], entenda o conceito Green Buildings e como ele influencia em métodos de construção sustentável.

Por Caroline Nunes

Notícias

Sustentabilidade: uso da madeira
Sustentabilidade: uso da madeira

Laminados, casas pré-fabricadas e painéis estruturados fazem parte…

Sustentabilidade: gestão inteligente
Sustentabilidade: gestão inteligente

A importâncias das normas ABNT para uma construção sustentável Como…

Sustentabilidade: novo tipo de construção
Sustentabilidade: novo tipo de construção

Você sabia: políticas públicas também incentivam a prática, com…

Sustentabilidade: gerenciamento de resíduos
Sustentabilidade: gerenciamento de resíduos

Os objetivos prioritários de uma obra devem ser a diminuição de descartes,…

Faça seu Orçamento









Visite Nosso Show Room