Notícias

O templo de madeira mais antigo do mundo

Horyu-ji: o templo de madeira mais antigo do mundo

O santuário comprova que a matéria prima resiste ao tempo com mais de 1.300 anos

Quando se pensa em edificações feitas de madeira é impossível não se lembrar de Horyu-ji, o templo Budista localizado na cidade de Nara, no Japão, inaugurado no ano de 607, com estrutura concebida pelo príncipe Shotoku, sob o projeto de Kongo Gumi. O santuário é considerado o primeiro patrimônio da humanidade reconhecido no país oriental e detém o título de construção de madeira mais antiga do mundo, com mais de 1.300 anos de existência. São 187.000 metros quadrados de terrenos e mais de 2.300 estruturas e artigos culturais importantes no cenário histórico do Japão.

O santuário foi dedicado a Buda como oferenda para curar a doença do pai do príncipe, o 31º imperador Yomei. O templo original foi extinto por um incêndio ocorrido no ano 670, segundo consta no Nihon Shoki, a primeira crônica da história do país editada no início do século VIII. A reconstrução, feita a partir das ruínas encontradas, é o atual Saiin Garan (recinto oeste), que é composto pelo Kondoo (pavilhão principal), Gojuu-no-too (pagode com cinco andares), Koodoo (auditório) e Chuumon (portão central). O Kondoo – pavilhão principal – é justamente a parte que leva o título de construção de madeira mais antiga do mundo, onde se encontra uma torre de mais de 30 m de altura de madeira maciça.

Além de seu valor como patrimônio histórico, reconhecido pela Unesco, no seu interior existem diversas estátuas de Buda, produzidas nos períodos Asuka (552-645), Hakuho (645-710) e Tenpyo (710-794), inclusive a famosa estátua chamada Trindade de Shaka. É possível encontrar ainda 12 paredes cobertas por pinturas murais históricas.

O templo Horyu-ji também conserva em seus alicerces a influência arquitetônica grega, assim como em suas obras artístico-religiosas. Percebe-se essa alusão principalmente nas curvaturas dos pilares do corredor Saiin Garan, que mostram a similaridade com as passarelas do Parthenon de Atenas, na Grécia.

Uma construção de tamanha magnitude resistiu ao tempo e a diversos regimes implantados. Isso prova que a madeira como matéria prima das construções pôde proporcionar durabilidade e resistência ao templo Horyu-ji, graças à ousadia japonesa de investir em edificações desse tipo. Confira mais sobre as modalidades de construção oriental e veja o projeto de um prédio de madeira de 70 andares com árvores para atrair pássaros.

Por Caroline Nunes

Notícias

Você sabe o que é Orientação Solar?
Você sabe o que é Orientação Solar?

Saber os pontos em que o sol bate é importante na hora de construir e…

Condor Lança Kits de Casa de Madeira
Condor Lança Kits de Casa de Madeira

A Condor lança os Kits Casa de Madeira. Agora você pode construir seu…

Casa de Veraneio: excelente opção de lazer
Casa de Veraneio: excelente opção de lazer

Nada melhor do que ter um local somente para o descanso e momentos de…

Seguro residencial: tudo que você precisa saber
Seguro residencial: tudo que você precisa saber

É importante se precaver contra possíveis incidentes e garantir…

Faça seu Orçamento









Visite Nosso Show Room